92015ago
Flacidez da pele: como prevenir?

Flacidez da pele: como prevenir?

Recentemente, fiz uma entrevista na Rede TV sobre flacidez e acho um assunto muito interessante para tratarmos aqui no blog, por isso resolvi trazê-la para cá.

Quem já reparou em alguma flacidez no corpo? Geralmente, quem mais percebe são pessoas que emagreceram muito ou também com o avanço da idade.

O que é a Flacidez?

Bom, no caso da flacidez de pele, nos podemos descrevê-la como a falta de tonicidade do tecido. Essa falta de tonicidade pode ser gerada por fatores genéticos, ambientais e maus hábitos. Não existe um fator único e específico que cause a flacidez. Já a flacidez muscular, é a falta de tonicidade do músculo, e refere-se ao estado frouxo ou lânguido desse tecido. Tanto a flacidez cutânea como a flacidez muscular são desencadeadas por uma série de fatores.

Quais são as principais causas da Flacidez?

A falta de exercícios físicos é considerada a maior causa da flacidez, pois quando os músculos não são solicitados adequadamente, suas fibras musculares atrofiam-se. Então, nós podemos considerar primeiramente o sedentarismo como o fator principal para o aparecimento da flacidez, seguido pela perda de massa muscular – que pode ocorrer pelo próprio sedentarismo ou pelo avanço da idade, seguido, em terceiro lugar pelo aumento do depósito de gordura no organismo.

Quando começamos a perder a tonicidade da pele?

combate a flacidez da pele

O envelhecimento fisiológico do ser humano tem início por volta dos 25 anos. Com o início desse processo nós temos a diminuição progressiva da produção de colágeno e elastina pelo organismo. Porém, nós temos que levar em consideração que alguns fatores como o excesso de sol (sol destrói colágeno e elastina), sedentarismo, alimentação inadequada e efeito sanfona, serão determinantes no início do processo de envelhecimento em cada indivíduo, que pode ser adiado alguns anos de acordo com os hábitos individuais de cada um.

Como prevenir a flacidez?

Certamente, é mais fácil evitá-la do que combatê-la. A principal forma de evitar a flacidez é com exercícios físicos regulares, alimentação rica em proteínas e pobre em gorduras, dieta balanceada, hidratação adequada, e a manutenção do peso (é muito importante evitar o efeito sanfona).

Como a alimentação pode ajudar na flacidez?

Uma dieta equilibrada vai evitar o efeito sanfona, que é um grande causador de flacidez. Além disso, quem deseja combater a flacidez deve ter uma dieta rica em proteínas e pobre em gordura, além de aumentar o consumo de alimentos que protegem o colágeno e a elastina no nosso organismo ou estimulem sua produção, e evitar alimentos que contribuam para a destruição destas importantes proteínas.

Alguns alimentos que protegem ou estimulam a produção de colágeno e elastina são:

– Aveia e cereais integrais (silício)
– Chá verde ( ricos em substâncias antioxidantes chamadas polifenóis que combatem os radicais livres que atacam o colágeno e a elastina)
– Acerola: (vitamina C importantíssima para a fabricação da elastina e do colágeno)
– Chocolate com 70% de cacao (os chocolates com 70% de cacau são ricos em polifenóis mais poderosos que os do vinho tinto. Ele faz uma verdadeira limpeza dos radicais livres)
– Castanha-do-Pará: selênio (para manter nosso colágeno protegido)

Os alimentos que transformam-se em radicais livres e destróem o colágeno e elastina :

– Açúcar, refrigerantes e todos os tipos de doces: se transforma em radical livre, capaz de destruir o colágeno e a elastina da nossa pele, deixando-a flácida e enrugada.
– Carne Vermelha: É outro alimento gerador de grandes quantidades de radicais livres
– Bebidas alcoólicas: Outro alimento altamente gerador de radicais livres que destroem o colágeno e a elastina que dão sustentação para a pele

Devo consumir colágeno?

capsulas de colageno

Recentemente medicos na USP realizaram um estudo científico onde provou-se que existe absorção do colágeno ingerido via oral. Porém, é importante ressaltar que o colágeno sozinho não vai fazer nenhum milagre no caso da flacidez, temos sempre que pensar em um tratamento multidisciplinar. De qualquer forma, uma acompanhamento médico é fundamental para esta prescrição.

Como o tabaco age na nossa pele?

O cigarro produz radicais livres em excesso no nosso organismo. A Vitamina C, tem como funções no nosso organismo combater os radicais livres, e participar da formação de colágeno e elastina. Portanto, no caso das pessoas que fumam, pela excessiva produção de Radicais Livres pelo cigarro, toda a Vitamina C ingerida será utilizada pelo organismo na sua ação antioxidante contra os Radicais Livres, deixando descoberta a sua utilização no tecido conjuntivo.

Essa ação prejudicial do fumo no envelhecimento cutâneo foi recentemente descoberta por pesquisadores norte-americanos que denominaram essas alterações de “Síndrome da Cara Enrugada”, a partir de experiências feitas em gêmeas univitelinas criadas num mesmo padrão de vida, sendo que uma fumante e a outra não.

Quais procedimentos estéticos ajudam no combate da flacidez?

Hoje em dia existem vários procedimentos contra flacidez. Porém, em termos de resultados nos podemos citar alguns dos métodos mais eficazes na atualidade:

– Injeção com ácido poli-l-láctico que deve ser realizada por um médico capacitado no consultório. (O ácido poli-l-láctico é substância sintética de origem não animal que é biocompatível e interiamente absorvível que quando é aplicada na derme profunda ou no subcutâneo produz uma reação que estimula o aumento da produção das fibras de colágeno no organismo de uma forma extremamente intensa.)
Ultrassom Microfocado
Laser de Baixa Intensidade, que chegou no Brasil há quase 3 anos. No caso específico do Laser de baixa intensidade (conhecido popularmente como i-Lipo) nós temos, ao mesmo tempo a função da produção de colágeno e elastina, que vão diminuir a flacidez e a diminuição da gordura local.
– E, nós temos também a Radiofrequência que é um método acessível e tem um excelente resultado porem os resultados são mais lentos, demoram cerca de 6 meses p aparecerem.
Corrente Russa


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *